Errorama


Correio do Cidadão – Nº 332


Correio do Cidadão – Nº 331


Correio do Cidadão – Nº 330


Correio do Cidadão – Nº 329


Correio do Cidadão – Nº 328


Na surdina, ministros de STF aumentam seus próprios benefícios

(Tiago Silva)

Na noite da última quarta-feira, 21, os ministros do Superior Tribunal Federal (STF) aprovaram, por sete votos a um, o aumento de um benefício concedido a eles próprios: o auxílio-moradia.

Um aumento de míseros 60% e a quantia recebida por ministros que não possuem residência fixa em Brasília passou de R$ 2,7 mil para R$ 4,3 mil mensais.

Enquanto a maioria esmagadora da população amarga a vida com uma renda média de menos de mil reais por mês, ELES têm mais de quatro vezes isso só de auxílio-moradia. Isso fora os seus astronômicos salários de R$ 26,7 mil que ELES pretendem levar a R$ 30,6 mil para o próximo ano, o que acarretará em um efeito cascata de aumentos, atingindo praticamente todo o funcionalismo público, visto que o teto vai ser expandido.

Não preciso nem falar quem vai pagar tudo isso, né?