Bombardeando Megabytes…


À Venda

The Beatles
Acrílico sobre tela
Dimensões: 100×60 cm

 

Interessados entrar em contato pelo e-mail: tiagocarvalhosilva@bol.com.br
Ou pelo fone: (44) 9904-3401

A Wolf at the Door


Muammar Gaddafi


Jornal Correio do Cidadão

Um atentado contra a cultura mourãoense.

Tiago Silva

Sempre ouvimos nas campanhas eleitorais que cultura e educação são prioridades em qualquer plano de governo. Em seus palanques, candidatos dizem que vão aumentar os espaços culturais, construir escolas, contratar professores, aumentar o piso salarial, porém, eleitos, fazem justamente o contrário.

A cultura mourãense está prestes a sofrer um forte golpe, pois o prédio Estação da Luz “Dom Eliseu Simões Mendes” (antiga rodoviária), que atualmente abriga a Biblioteca Municipal Professor Egydio Martello, além de vários setores da FUNDACAM, poderá ser usado para abrigar 2º vara da Justiça Federal. Uma atitude de descaso total a todos que lutam, muitas vezes com escassos recursos, para manter um dos mais belos espaços da cidade.

Em declaração nesta quarta-feira (23), o prefeito Nelson Tureck disse que considera o movimento da biblioteca “fraco” para a dimensão do prédio. E ele não está equivocado em fazer tal afirmação, todavia, grande parte da culpa por esse movimento “fraco” vem do próprio Poder Público, que dá pouco ou nenhum apoio às raras inciativas que visam o incentivo aos jovens leitores.

E por mais que se diga que será uma ocupação provisória, que a biblioteca não deixará de existir, todos sabemos que o termo “provisório” tem uma tradução um pouco diferente no dicionário da administração pública, pode muito bem significar “anos” ou então, “para sempre”.

Esse texto não quer se colocar contra a instalação de mais uma vara da Justiça Federal em Campo Mourão. É extremamente necessário, visto que cidades do mesmo porte já estão bem adiantadas neste quesito. Mas nada disso justifica sacrificar o acesso da população a cultura e ao conhecimento. Isso é um direito constitucional que nós, cidadãos pagadores de impostos, devemos lutar para ser mantido.

Está marcada uma audiência pública para o próximo dia 14, onde será discutido o assunto com a população. Portanto, estudantes, pais e professores que querem continuar tendo um belo espaço de leitura, pesquisa e arte, compareçam, e façam valer a sua voz.


E nos capítulos anteriores…

Olá pessoal!

Primeira postagem no blog novo!

Resolvi começar com um “Vale a Pena Ver Denovo”, postando as últimas charges que sairam no antigo blog…

Ah, deixem seus comentários dizendo o que acharam do novo blog. Sua opinião é a única que conta aqui… ^^